>

14 fevereiro 2017

Voar, Voar, Voar!

The Jeffs from David Aldrich on Vimeo.
Comentários
3 Comentários

3 comentários :

  1. Victor, meu querido!

    É sempre com mta alegria e prazer, que venho te fazer uma visitinha e papear com você.
    Já tinha visitado esse blog, há tempos, mas fiquei sem saber se deveria comentar ou não.

    Vi todo o vídeo e como eu compreendo você e a temática escolhida, apesar de nem sempre tudo correr da melhor forma, mas o Homem sempre desejou voar, voar, voar e até as asas de Ícaro, como você tão bem sabe, foram derretidas pelo sol, mas a vontade e o prazer k ele deve ter sentido, se calhar, valeu bem a pena.

    Concordo com você e te entendo, embora eu seja medrosa para voar, sempre fui assim. Sou mto terrestre e terrena e gosto de ter os pés assentes no chão, em todos os aspetos, contudo mto admiro gente "destemida", sem temores, determinada e inteligente, qto você.

    A vida tem sempre surpresas para nos pregar, mas mantenhamos a fé, pke amanhã, irá ser melhor que hoje.

    Mto obrigada pela sua visita e sucinto, mas agradabilíssimo comentário. Você é sempre bem-vindo! Eu tenho mto k fazer, profissionalmente, mas gosto de saber de você e de seus estados de espírito, que são muitos. Sou toda ouvidos. Não hesite!

    Beijos e um abraço bem leal e apertadinho, como se te conhecesse, pessoalmente. Peque! É todo seu!

    ResponderExcluir
  2. Retificando e me rindo, tb: PEGUE e não peque. Ah, esse verbo daria pano pra mangas, como se diz por cá. Não tenho que sugerir nada: proceda como você entender (rs)!

    Beijos, meu querido amigo!

    ResponderExcluir
  3. Oi, querida amiga Céu!
    Que bom ler seu comentário, prenhe de apreensão pela minha ausência.
    Você bem poderia não corrigir a palavra e eu ficaria com as duas versões, pois
    grande parte das suas criações literárias que publicas, fico sempre pensando que foram a mim endereçadas..rsss! Ledo engano! Assim, manterei sempre viva a paixão pelos seus devaneios
    nas suas poesias! Sou sim, um apaixonado pelos seus poemas. Continuarei me vendo nas entrelinhas dos seus versos, pois além de adorar viver nas nuvens, serei sempre seu apaixonado admirador! Beijos, minha amiga querida!

    ResponderExcluir

Seu comentário é o que torna especial esta postagem. Enriquece sobremaneira o conteúdo!
Lembrando Saint Éxupery:"Aqueles que passam por nós, não vão sós. Não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".
Obrigado pela visita!
Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...